sexta-feira, 27 de maio de 2011

Esgravatando o meu baú


Andava no outro dia a esgravatar o meu baú, leia-se um dossiê onde guardo alguns documentos antigos relativos ao aikido, e relembrei os já esquecidos Boletins da Federação Portuguesa de Aikido (FPA).

O Boletim da FPA foi sempre gratuito e numa primeira fase chamava-se «Boletim trimestral da Federação Portuguesa de Aikido», até ao nº. 4. Depois talvez por não se conseguir lançar o Boletim com a periodicidade desejada, a partir do nº. 5 já só se chamava «Boletim da Federação Portuguesa de Aikido».

Todos os Boletins consistem em três folhas (seis páginas), com uma no meio sempre solta.

Só tenho em minha posse do nº. 2 ao nº. 6 (do dois ao quatro tenho até repetido). Não tenho é o primeiro fascículo, infelizmente. E sem certeza, penso que o Boletim da FPA morreu no nº. 6. Talvez uma morte já anunciada uma vez que o nº. 5 data de Junho de 2000 e o nº. 6, mais de dois anos depois, data de Novembro de 2002.

Irei contactar a FPA no sentido de saber se ainda possuem em arquivo o boletim nº. 1 e se existe mais algum depois do nº. 6. Caso a resposta seja negativa, se alguém me quiser disponibilizar ou vender o boletim nº. 1 eu comprá-lo-ei.

Gostaria de prestar um serviço mais completo e disponibilizar todos os Boletins que tenho na íntegra mas o facto de não ter scanner impossibilitou-me tal serviço. Vai assim, com o telemóvel e de forma incompleta.

Como é visível, todos estes Boletins tinham o símbolo e designação antigos - Federação Portuguesa de Aikido-Aikikai. A designação entretanto mudou e o símbolo actual é o do início deste post e tem «FPA» no lugar de «Aikikai».

O Boletim nº. 2 corresponde a Outubro-Dezembro de 1998 e tinha em capa o anúncio de «um grande estágio internacional» com a recepção, de novo, do Mestre Tamura, em Lamego.

O editorial deste número não foi assinado e o grosso é visível na imagem, consistindo no anúncio dos novos orgãos da FPA eleitos em Outubro de 1998 assim como os objectivos dessa direcção.


Clicar nas imagens para ver em formato maior
Capa do Nº. 2 do Boletim trimestral da FPA - Outubro-Dezembro 1998



Dentro deste nº. 2 existe um texto (este sim parece um editorial) escrito por Luís Antunes (AKP) com o título «outra época...nova época».

Há ainda uma entrevista a Gérard Obellianne, 5º dan na altura, realizada em Agosto de 1998 em Lamego por Rogério Silva (hoje na APARN), Bruno de Jesus (hoje na UPA
) e Francisco Leotte (hoje na ACPA).

É possível ver também quem realizou com sucesso o Curso de Instrutores nesse ano. Curioso ver como os nomes são vários e muitos ainda hoje praticam, outros já não, claro.

A penúltima página é dedicada a uma rubrica «capacidades físicas - I», sempre escrito pela Ana Sequeira, uma excelente ex-aikidoca, 1º dan e licenciada pela FMH (falei uma vez dela aqui).


Contracapa do Nº. 2 do Boletim trimestral da FPA - Outubro-Dezembro 1998


Na contracapa normalmente aparece «uma figura por um número» (a partir do nº 3) e «um dôjo... a mesma prática».

Desta feita o dojo era o do Clube Lisnave aparecendo em destaque na foto o seu sensei, Joaquim Caleiro, 3º dan à altura, hoje na UPA.

Mais abaixo na contracapa há um «em destaque» com uma foto de um estágio ministrado por Luís Antunes nesse mesmo dojo que «contou com a presença de 40 praticantes». É visível na foto eu próprio, ao lado do Nelson Capote (hoje na ACPA) e outros praticantes.

Capa do Nº. 3 do Boletim trimestral da FPA - Janeiro-Março 1999


Em Janeiro de 1999 faleceu o 2º. Doshu e com isso Moriteru Ueshiba torna-se no 3º. Doshu. A capa foca por isso esse assunto. O editorial não é assinado.

No interior, o conteúdo é em grande parte da autoria de Luís Antunes. Assina o «Aikido - arte de defesa, de contra-ataque ou de ataque?» e o «A escolha de um professor».

Há ainda um «A arte de cair» escrito por João Nazareth e novamente a Ana Sequeira em «Capacidades Físicas - II».

Contracapa do Nº. 3 do Boletim trimestral da FPA - Janeiro-Março 1999


A primeira «figura do aikido» escolhida é Koichi Tohei, aliás recentemente falecido.

O dojo é o FCC (Castro Verde) não dizendo quem é o sensei do mesmo.


Capa do Nº. 4 do Boletim trimestral da FPA - Julho-Setembro 1999


«Para que todo o Mundo nos conheça» a FPA já tem site em finais de 1999. O endereço é o mesmo de hoje e o site foi inicialmente arrancado, feito e mantido por David Beja (falei dele aqui também) e Ricardo Lopes, dois bons amigos e antigos praticantes de aikido.

O editorial não é assinado e falava do Boletim como «um importante instrumento para formar e informar num verdadeiro espírito Aiki». Não sendo os conteúdos quantitativamente grandes, a verdade é que havia dificuldades em manter ou mesmo aumentar a regularidade deste Boletim e por isso fala-se numa «Comissão de Redacção» e uma «Rede de Colaboradores» para assim «ultrapassar as dificuldades com que ainda nos debatemos».

No interior, de novo Luís Antunes com «Estágios de Verão - Prevenção e Conselhos» e «O Aikido em Portugal».

Ainda a 2ª parte do «A arte de cair» por João Nazareth e o «capacidades físicas - III» por Ana Sequeira.

Contracapa do Nº. 4 do Boletim trimestral da FPA - Julho-Setembro 1999


Morihiro Saito em 1999 ainda era vivo e foi o «uma figura por trimestre», designado assim neste Boletim.

O dojo desta vez calhou o CAB - Clube Académico de Bragança. Manuel Moredo era o instrutor e aparece em foto também Artur Lopes num «apoio técnico» ao dojo. Não tenho a certeza que este dojo ainda hoje funcione.

Capa do Nº. 5 do Boletim da FPA - Junho 2000


Estivesse o editorial do nº.4 a adivinhar ou não, a verdade é que o nº. 5 vem «atrasado» e só sai a Junho de 2000.

O editorial é assinado, pela primeira vez, por Rogério Silva. É também talvez o primeiro editorial digno desse nome.

Na capa anuncia-se um estágio em Lamego, dirigido por Luís Antunes (6º dan) e que contaria com as presenças de Antoine Vermeulen (6º dan), Vandenberghe Michael (6º dan) e Gérard Obellianne (5º dan).

Em destaque há também o «aikido na direcção da Confederação Nacional do Desporto» através do vice da FPA da altura, Fernando Frazão.

No interior um grande texto de Gérard Obellianne, traduzido e adaptado por Francisco Leotte. «Reflexões sobre o aikido», o seu título.

Há ainda «Os sabres japoneses», por Luís Antunes e a sempre inexcedível Ana Sequeira com «capacidades físicas - IV».

Contracapa do Nº. 5 do Boletim da FPA - Junho 2000


Na contracapa destaque para Kenji Tomiki, o fundador do único estilo de aikido que tem competição, o Shodokan Aikido.

O dojo destacado foi o Centro Shotokai de Queluz cujo instrutor era Rogério Silva (hoje é a sua filha a instrutora). Curioso ver na foto alguns amigos que ainda hoje praticam como o Jaime ou o Jerónimo.

Capa do Nº. 6 do Boletim da FPA - Novembro 2002


Volvidos mais de dois anos, é em Novembro de 2002 que sai o sexto (e julgo que último) Boletim da FPA.

O grande destaque vai para «Sugano Shihan em Lamego».

O editorial é assinado por Rogério Silva.

Numa das fotos da capa apareço novamente no cerimonial de início ou fim de treino, num estágio com Sugano Shihan em Lisboa. Pode-se ver ao meu lado Francisco Leotte, também, entre outros amigos.

No interior, pela primeira vez, os conteúdos não versam tanto sobre aikido mas mais na sua política.

Houve novas eleições na FPA e publica-se os corpos gerentes. Outros assuntos falados são sobre a remodelação do site, apoios aos dojos, o boletim é para continuar, agentes de ensino e tal e tal.

Digno de nota mesmo só uma história zen trazida por Rogério Silva assim como «os princípios do aikido» da autoria de Agostinho Vaz (hoje na ACPA).

Em Janeiro de 2003 é a data anunciada para o próximo boletim. Terá saído? Honestamente, não sei.



Gozo Shioda foi a figura deste nº. 6.

É curioso que sendo a FPA nesta altura designada por FPA-Aikikai, todas as figuras escolhidas pertencem àquilo a que se pode chamar estilos de aikido que não o de aikikai, como é o caso de Tohei, Saito, Tomiki e agora Shioda. São no entanto figuras proeminentes da história do aikido e por isso foram, obviamente, mais do que bem escolhidas.

O dojo destacado foi o de Sete Casas, em Loures. Dojo inicialmente sob a orientação de Francisco Leotte (2º dan à época) e agora Nelson Capote (1º dan à época) em destaque na fotografia.

Ainda na contracapa, em baixo, uma caixa pedia colaboradores urgentemente: «Necessita-se, com a máxima urgência, de Colaboradores para este boletim. Exige-se comprometimento duradoiro. Oferece-se reconhecimento (que tipo de reconhecimento?). Lugar de futuro (caso contrário extingue-se o lugar) ok!. Pretendem-se Colaboradores na área da escrita - artigos técnicos, ensaio, lazer, reportagem - e área da ilustração - cartoon. Respostas sem currículo para a sede da FPA. Entrada imediata.»

Esta caixa é sintomática do desaparecimento do Boletim da FPA.

É pena, pois eram divertidos e para o bem ou para o mal, informavam alguma coisa e de alguma forma havia mais vida, verdade seja dita.

Outros tempos, que rapidamente ficaram na sombra da internet sobretudo devido à facilidade com que esta veio ocupar este espaço de informação e divulgação.

1 comentário:

Consuelo Silva disse...

Boa tarde!!! Qual é a flor que simboliza o Aikido?
Domo Arigato.