sábado, 29 de novembro de 2008

Checkpoint

Faz agora algum tempo, um aluno meu perguntou-me se o sensei X era melhor que o sensei Y, tendo ambos a mesma graduação (não me recordo dos sensei's em causa).

Isto é evidentemente muito discutível.

Nem o X é melhor que o Y nem vice-versa. São diferentes. Cada um com a sua interpretação própria do que é o aikido. Mas isto estamos a falar de senseis de topo.

Se falarmos em matéria de graduações, eu julgo que existem dois estádios (assim em muito grosso modo e de uma forma bem ampla): O estádio final, dos senseis de topo (vamos apontar para o 6º dan para cima, isto é, 6º nível de cinturão negro) e todos os outros, onde eu me incluo, evidentemente.

Ora, o que acontece é que um cinturão verde não é necessariamente melhor ou pior que um cinturão amarelo assim como um 2º dan não é necessariamente melhor ou pior que um 1º dan.

O que são as graduações no aikido? São meramente um "picar o ponto", indicativo de que já se alcançou mais um checkpoint. Estamos todos numa travessia, longa, por sinal, onde pelo caminho se vai adquirindo experiência e conhecimentos de forma à nossa prática, dentro e fora do tapete, ficar mais apurada. Com o passar do tempo, naturalmente, picar-se-á o ponto. Ao estilo rally, estão a ver?

Não significa que se é melhor ou pior. Significa que se chegou ali! O que certamente deu trabalho. Mas não é um certificado de competências, e bem. Esse julgamento ficará para cada um de nós.

A diferença, claro, está em que alguém que já tenha chegado ao checkpoint número 6 dos cinturões negros, depois de ter picado tantas vezes o ponto, depois de uma travessia tão longa, pode, com efeito, ir dando umas luzes do que nos ("todos os outros") espera à nossa frente. Pode guiar-nos por atalhos, pode conduzir-nos por caminhos mais fáceis ou até desatolar-nos caso não consigamos sair de um lamaçal em que nós próprios tantas vezes nos metemos.

Não há melhor nem pior. Há aikido.

8 comentários:

KrAzY disse...

Sim senhor! ;)
Tu e a tua analogia do caminho a percorrer... :D

Mós disse...

eu acho que isso se aplica ao desporto em geral, não?
há sempre limitações físicas, claro... mas a maneira como cada um enfrenta e interpreta aquilo que assimila ao longo da aprendizagem dita muito sobre o seu desempenho em desafios futuros!

daí ser igual a uma pessoa jogar fora ou em casa! no entanto ao zé pode ser mais díficil que ao joão, pois têm caracterísitcas mentais diferentes! :P (desculpa, mas não resisti ahahahah)

anyways, sempre achei as actividades orientais mais "espirituais" do que as ocidentais, daí talvez tornar-se mais claro esse prisma da coisa! ;)

André disse...

Pedro isto não se aplica ao desporto em geral na medida em que o sistema do aikido é diferente dos outros "desportos". No aikido evoluirás sempre. Como digo, não se é bom ou mau, vai-se evoluindo e ponto final. No aikido nao há competiçao, ninguem ganha taças nem ninguem é campeao de nada. No futebol podes ser bom, ou podes ser mau. Podes ser convocado ou podes ser dispensado. No aikido nunca serás dispensado. Podes ser o "pior" do mundo a fazer aikido, serás o mais bem aceite pela comunidade e serás ajudado e empurrado de forma a que possas vingar, aprender e evoluir nesta arte.

É isso, a diferença é essa: é que os outros "desportos" têm competição, logo há uns que ganham e outros que perdem. Aqui ninguem ganha nem ninguem perde. Ou melhor, só se ganha ;)

Só concordo contigo se formos buscar actividades físicas como o Yoga ou assim. Mas enfim, também acaba por ser diferente pois no aikido, lá está, há uma hierarquia, há graduações! E não te esqueças que isso (as graduações) é o cerne da questao do meu post. Claro q noutras actividades tambem vais evoluindo etc blabla. Mas tou a falar numa evolução e num estado de igual para igual apesar de haver um "ranking" dentro da propria arte.

Pus desportos entre aspas, pois há quem não considere o aikido um desporto, precisamente por não ter competição. Mas enfim, eu entendi o que disseste. Não ligues, pois esta é uma discussão já mais que batida no seio aikidoca e portanto, até ja eu estou de certa maneira contagiado por isso. Do ser desporto ou não ser desporto. Lol

grande abraço!

Mós disse...

o colocar da palavra desporto entre aspas foi o touché!

os outros não são desportos... são negócios! pelo menos para a maioria...

em relação à evolução...não sei não! pegando na droga do costume, o futebol, vemos que também há quase-que ranks!
divisões diferentes, ser considerado o melhor jogador, etc! tudo isso deveria motivar o ser humano a aspirar a algo mais! Mas não... o dinheiro vê-se no horizonte e lixa-se logo tudo!
É o que eu digo, devo estar completamente deslocado da realidade!

*suspiro*

KrAzY disse...

Ahhhh, já cheguei ao cerne da questão a que penso que o André queria que fossemos.
Acho que o que ele queria dizer, assim muito resumidamente e por palavras minhas é:
"O Benfica continua a ser bom, mesmo após a goleada e o empate de ontem."

Era isso mais ou menos não era? xD

Lorelai disse...

Bom, finalmente um post sobre Aikido... Estava a ver qe nao ;)

Como absoluta leiga na matéria e sendo tu o único contacto qe realmente tiv com este "desporto" (lol!), tenho a dzr qe gosto bastante da filosofia qe vou conhecendo por detrás da arte marcial... e gosto especialmente deste aspecto, de ser algo qe é para levares para a vida sempre com o intuito de te melhorares - ainda mais pk n é um melhoramento aplicado apenas à prática em si, mas tb à vida "fora do tapete".

Pelo qe ja vi - e repito, és o meu único ponto de contacto - o aikido é algo transversal a todas as vertentes da vida e não só uma mera prática (desportiva ou n, por ai nao entro, sou leiga demais para dar bitaites!) e gosto desse aspecto. Se me permites (acho qe permites) o aikido dita muito da tua forma de ser e deu-te uma maturidade e "disciplina" (n será a mlhr palavra, mas enfim) que nem sempre se vêem por aí.

Por fim (qe isto já vai longo), o facto de n haver nem mlhr nem pior e de se estar smp aberto a receber até aqeles com menos arte para a arte tem um certo "fascínio" (novamente, n é a palavra certa..): a perspectiva de n se ser metido de parte por se ter menores aptidões ou assim, sendo até bem recebido.. é meio novo, não? Pelo menos para nós, leigos no aikido :p

Beijinho*

P.S.: Não me vou por a flr dos "desportos negócios" qe o Mós levantou... senão não me calo =x LOL

Mós disse...

"P.S.: Não me vou por a flr dos "desportos negócios" qe o Mós levantou... senão não me calo =x LOL"

ahahahah
venha de lá o debate! xD

desculpa lá o off-topic fiuza :P

André disse...

Amiga Lolerai, eu permito eu permito :p (just kidding) e obrigado pelas tuas kind words :)

De facto é isso mesmo, se formos comparar por exemplo com o taekwondo, há a malta que compete.. e depois há os outros.. que não o fazem e são postos algo de parte. "não interessam muito..". Isto é segundo o que me contam, pessoas que já praticaram, ou, por exemplo, um próprio taekwondoka que pratica aikido no meu dojo o confirma. Acaba por haver essa separação entre os praticantes. No aikido, não. De resto só dizer que apanhaste muito bem a filosofia do aikido ;) é isso mesmo. O espírito ja o tens, agora so falta ir pa cima do tapete experimentar! ahah :p

bjs